'Até sorriu', diz delegada sobre menino suspeito de matar jovem em assalto

Adolescente matou menina de 12 anos durante roubo em Porto Velho.
Delegada afirma que jovem alega ter cometido crime para comprar roupas.

Delegada Rosilei de Lima, diretora da Delegacia de Patrimônio, que investiga o caso (Foto: Toni Francis/G1)

Um adolescente de 13 anos foi apreendido na tarde desta segunda-feira (28) suspeito de assassinar uma menina de 12 anos durante o roubo de um celular no Bairro Cuniã, em Porto Velho, no último dia 23 de dezembro. Segundo a delegada Rosilei de Lima, o jovem afirma ter ido cometer o assalto para comprar roupas para usar no Natal. "Ele é muito frio. Não demonstrou qualquer tipo de remorso e até sorriu quando falou do caso", comenta a delegada.

Rosilei diz que foi feito pedido de detenção provisória do garoto e que a Justiça decretou apreensão dele na Casa de Detenção Provisória para Menores Infratores. O crime foi registrado como latrocínio - roubo seguido de morte.

A Polícia Civil informou que o adolescente foi localizado na casa onde mora com os pais. A delegada afirma que em depoimento, o jovem alega ter atirado acidentalmente na vítima. "Com bicicleta e uma arma emprestados de um amigo, ele teria saído à caça de uma vítima, foi quando viu a jovem com o celular na mão e resolveu roubá-lo", narra Rosilei.

Durante depoimento, o suspeito confessou que chegou a engatilhar a arma, mas alega ter disparado acidentalmente quando tentava arrancar o aparelho das mãos da vítima. Ele teria contado ainda que ficou sabendo da morte por um programa na TV. O jovem nega ter levado o celular, mas a versão das testemunhas são contrárias e dizem que ele levou o aparelho.

A irmã da jovem, que estava no momento do assalto, disse em depoimento no dia do crime que a menina pediu para tirar o chip antes de entregar o celular ao suspeito, mas o adolescente teria reagido e efetuado o disparo. A vítima chegou a ser socorrida e levada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Leste , mas, segundo o boletim de ocorrência, morreu alguns minutos após dar entrada na emergência.

Arma do crime
Conforme a Polícia Civil, o jovem informou que a arma utilizada no crime foi jogada dentro de um bueiro. "Fizemos buscas na região onde ele diz ter jogado a arma, mas não a localizamos. Também não localizamos o suposto amigo que teria emprestado a arma a ele", explica Rosilei.

O crime
Uma adolescente de 12 anos morreu durante um assalto à mão armada no Bairro Cuniã, Zona Leste de Porto Velho, no fim da tarde de terça-feira (23). De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima e a irmã estavam na frente de casa, quando um homem de camisa vermelha se aproximou, anunciou o assalto e pediu o telefone celular da garota.

De acordo o registro, a vítima então teria reagido ao entregar o celular, momento que o suspeito efetuou um disparo de arma de fogo. O tiro atingiu o tórax da menina. Após o crime, o homem pegou o aparelho celular e fugiu.


Fonte: g1
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.