Governo do RN suspende serviços de restaurantes populares

De acordo com nota oficial, 20 mil pessoas serão afetadas.
Suspensão temporária segue orientação do Ministério Público.
De acordo com MP, empresários tentavam fraudar licitação para fornecer alimentos a Restaurantes Populares do RN (Foto: Reprodução/ Inter TV Cabugi)
Após a operação do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) que prendeu oito empresários por fraude na licitação dos restaurantes populares do estado e da suspensão da concorrência, a Secretaria de Estado de Trabalho e Habitação (Sethas) informou que o serviço será suspenso a partir desta quinta-feira (31). De acordo com uma nota divulgada pela Sethas, 20 mil pessoas serão afetadas pela paralisação do serviço.

Segundo a nota divulgada pela Sethas, a suspensão temporária dos serviços acontece uma vez que os contratos em vigor com as empresas que mantém o funcionamento dos restaurantes populares se encerram nesta quinta-feira (31). De acordo com a nota, não há possibilidade de estender o contrato com estas empresas.

A nota ainda explica que a interrupção no fornecimento das refeições nos restaurantes populares de 20 municípios potiguares segue uma recomendação do Ministério Público, em virtude da investigação dos empresários fornecedores dos restaurantes.

A Sethas encerra a nota afimando que a investigação do Ministério Público Estadual é restrita aos empresários alvo da ação, não havendo acusação contra os serviços da secretaria.


Fonte: intertv
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.