Suspeitos de matar delegado são detidos pela Polícia

Crime ocorreu em janeiro no limite entre São Paulo e São Caetano do Sul.
Um deles tem 16 anos e quatro passagens pela polícia.
delegadonascimento
A Polícia Civil deteve na sexta-feira (19) um adolescente de 16 anos suspeito de matar, em janeiro, um delegado na Estrada das Lágrimas, no limite entre as cidades de São Paulo e São Caetano do Sul, no ABC. Segundo a Polícia Civil, o outro criminoso, de 21 anos, foi preso em janeiro.

Por meio de imagens de câmeras de segurança, descobrimos que a dupla praticava roubos na região frequentemente e concluímos que se tratava de um latrocínio”, afirmou Marcelo Bianchi, delegado assistente da 3ª Delegacia de Repressão a Homicídios Múltiplos do Departamento Estadual de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Segundo a polícia, o adolescente estava na garupa e atirou contra o delegado José Antônio do Nascimento, em 14 de janeiro. O outro assaltante pilotava a moto. Após atirarem, a dupla fugiu a pé para uma rua próxima, onde abandonaram os capacetes e a arma.
A polícia chegou aos dois suspeitos por meio da moto utilizada no crime. O menor tem outras quatro passagens pela polícia e havia saído recentemente da Fundação Casa. O maior foi detido no dia 27 de janeiro e cumpre prisão temporária de 30 dias.

Entenda o caso
O policial civil José Antônio do Nascimento seguia para casa em um Ford Fusion após deixar o trabalho na capital paulista. O delegado trabalhava no 90º DP, no Parque Novo Mundo, na Zona Norte.

Os criminosos fugiram sem levar nada e abandonaram a moto. A arma do policial foi encontrada no banco do carro com sinais de travamento, o que supõe que ele tentou reagir, mas a arma travou. Segundo a polícia, o delegado conseguiu disparar um tiro antes de ser atingido.
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.