Morre menino baleado em guerra do tráfico no RJ!

O menino Ryan Gabriel, de 4 anos, baleado durante uma guerra entre traficantes rivais em Madureira, na Zona Norte do Rio, morreu na manhã desta segunda-feira. Ele estava internado no Hospital estadual Getúlio Vargas, na Penha, também na Zona Norte, desde a tarde de domingo, quando foi atingido por um tiro no peito enquanto brincava na porta da casa dos avós, no Morro do Cajueiro

Tayane (de azul) deixa o hospital aos prantos após saber da morte do filho

A mãe de Ryan, Tayane Pereira, deixou o hospital aos prantos, acompanhada de parentes.

- Meu filho morreu, meu filho morreu - repetia sem parar.
Além de Ryan, uma adolescente de 17 anos também ficou ferida. Ela foi atingida nas pernas e está internada no Hospital estadual Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste do Rio.
Tayane (de blusa azul) se desespera ao sair do hospital

O tiroteio foi por volta das 16h. Traficantes do Morro da Serrinha tentaram invadir o Morro do Cajueiro, controlado por uma facção rival. Ryan estava na Rua Fausto Laurindo quando houve o confronto entre os bandidos. Ele foi socorrido pelo avô, Milton Amparo.
Ryan tinha 4 anos
Em Cascadura, mais violência
O domingo foi de tiroteio também em Cascadura, outro bairro da Zona Norte do Rio. Lá, um homem morreu e outros dois foram baleados durante um confronto na Rua Padre Telemaco. Segundo informações de testemunhas, os disparos ocorreram durante uma tentativa de invasão de bandidos ao Morro do Fubá.

Policiais do 9° BPM (Rocha Miranda) também foram recebidos a tiros quando chegaram na região. Na Rua João Romeiro, os agentes encontraram um carro incendiado e o corpo de Allan Clayton Barros Gomes, que havia sido alvejado a tiros.

De acordo com os agentes, um soldado da UPP da Mangueira foi baleado na mão, no rosto e na perna direita. Ele teria sido socorrido por moradores e levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, ainda na Zona Norte.

Um homem identificado como Michael Madruga de Oliveira, atingido com dois tiros na cabeça, também deu entrada na unidade.


Fonte: extra


Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.