PMs e CBMs discutirão pagamento de salários e décimo terceiro

Assembleia Geral Unificada ocorrerá na próxima terça-feira (5) no Clube Tiradentesàs 14h00


Até o momento sem respostas do Governo quanto ao pagamento das folhas de novembro, dezembro e 13º salário, policiais e bombeiros militares ativos, da reserva e pensionistas se reunirão na próxima semana em Natal/RN, na Sede da Associação dos Subtenentes e Sargentos Policiais e Bombeiros Militares do RN (ASSPMBMRN) para deliberar atividades em continuidade à luta pela normalização dos pagamentos de salário.
A Assembleia Geral Unificada ocorrerá na próxima terça-feira (5) no Clube Tiradentes, às 14h00.
Na tarde da última quinta-feira (30), em reunião com o comandante geral da PMRN, coronel Osmar Maciel, os dirigentes de Associações informaram ao Comando a realização da Assembleia e solicitou um posicionamento do Governo. O Comandante, segundo Eliabe Marques, presidente da ASSPMBMRN, garantiu que irá intermediar com o Executivo a situação a fim de que os salários dos policiais e bombeiros ativos, da reserva e pensionistas continuem sendo pagos com prioridade. “Ratificamos que não somos melhores que nenhum outro servidor, mas vivemos sob um regime jurídico diferenciado. Uma das diferenças é a exigência de dedicação exclusiva”, ressalta Marques.
Nesta reunião, que ocorreu no Quartel Geral da PMRN, estavam presentes o comandante geral da PMRN, o coronel Pereira Junior (diretor de pessoal da PMRN), o Capitão Robson Teixeira representando os Oficiais, além do subtenente Eliabe Marques representando as Praças.

SEM RESPOSTAS DO EXECUTIVO
Ainda em outubro, os representantes das associações de praças enviaram ofício ao Governo do Estado solicitando audiência com a equipe do Executivo, para tratar do pagamento dos salários pendentes. De acordo com o presidente da ASSPRA, Cabo Guinaldo Lira, até o momento o Governo não deu resposta quanto à solicitação. “Nosso pleito é a regularização do pagamento de nossos salários. Essa situação se arrasta por dois longos anos e afeta as necessidades básicas de militares estaduais ativos, da reserva e pensionistas”, reforça Lira.

CURSOS DE FORMAÇÃO
Ainda na reunião com o comandante geral da PMRN, foram reivindicadas a realização dos cursos de formação e aperfeiçoamento das Praças, dentre eles: o Curso de Formação de Sargentos (CFS), Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS) e o Curso de Habilitação de Oficiais (CHO).
Sobre os dois primeiros, o coronel Osmar Maciel afirmou que estabelecerá uma data para início dos cursos o mais breve possível, e tomará medidas para que o processo seletivo do CHO seja iniciado.
Além disto, a descentralização (regionalização) dos cursos também foi posta em pauta. O Subtenente Eliabe argumentou que regionalizá-los reduzirá os gastos, facilitará a logística da Corporação que não sofrerá com grandes áreas sem policiais, e os cursos ainda terão um alcance maior em número de participação.

Fonte:

Assessoria de Comunicação da ASSPRA
Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.