NOTA DE ESCLARECIMENTO

Matéria veiculadas em sites noticiosos e jornais potiguares afirmam que as associações de Praças da Polícia Militar pediram a suspensão do concurso para ingresso na instituição, cujo edital foi publicado este ano e cujo processo tem causado bastante polêmica. 

É importante ressaltar, contudo, que não se pode generalizar o pedido requerido como se fosse de todas as entidades representativas dos Praças do Estado. A associação que aparece nas matérias não compõe o Fórum das Associações de Militares potiguares, e não representa o posicionamento de toda a categoria. 

As Associações de Praças dos Bombeiros e da Polícia Militar do RN são favoráveis ao ingresso de novos integrantes na instituição. Aliás, consideram a medida necessária, e diversas vezes denunciaram a ausência de efetivo suficiente para combater a crescente criminalidade em solo potiguar. 

As entidades se manifestam igualmente favoráveis a paridade entre homens e mulheres no concurso, nos moldes estabelecidos pela própria Constituição e em conformidade com a jurisprudência pacífica do caso. 

Apesar disso, cumpre destacar que o processo de seleção de profissionais militares, bem como toda a contratação ou nomeação de servidores de qualquer área pública, deve ocorrer de modo programado, probo, livre de vícios e da forma mais idônea possível. Para isso, asseguram que vão se manter atentas ao certame em curso, mas frisam que não foram responsáveis pelo pedido divulgado nas mídias recentemente. 

Assessoria de Comunicação das Associações de Praças do RN


0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.