Governo conversa sobre o pagamento de atrasados em reunião com representantes da Segurança

Os representantes dos trabalhadores da segurança pública do RN reuniram-se na tarde desta quarta-feira (03) com o Secretário-Chefe do Gabinete Civil, Raimundo Alves. 

A conversa se deu em torno das receitas extraordinárias que o Estado tem buscado para o cumprimento do pagamento dos atrasados (13° de 2017, novembro de 2018, dezembro de 2018 e 13° de 2018). 

Após o secretário explicar o momento em que se encontra cada uma das operações que buscam as receitas extras, o conjunto de servidores questionou qual a pretensão do Governo para o pagamento dos atrasados, uma vez que o montante a ser alcançado (antecipação dos royalties e negociação da folha) não é suficiente para o pagamento de todo o passivo. 

O secretário assegurou que será respeitada a ordem cronológica para a satisfação dos débitos, ou seja, vai pagar o 13° de 2017, novembro de 2018 e segue a sequência dos pagamentos de dezembro de 2018 e o 13° de 2018. 

Quando novamente questionado sobre a priorização da Segurança Pública, o secretário disse que espera não ser necessário ter que priorizar qualquer categoria de trabalhadores, mas, caso essa necessidade se consolide, a competência de tomar a decisão política é da Governadora Fátima Bezerra. 

Foi solicitada, então, reunião com a Governadora para que esta possa responder ao questionamento. 

O Secretário Raimundo Alves reforçou, por fim, que o Governo não decidirá sobre o pagamento dos atrasados sem conversar com o conjunto de servidores. 

Diante da conversa, as representações dos trabalhadores da segurança pública convocam suas bases para Ato Público Unificado a ser realizado no dia 23 de abril de 2019. 

Assecom ASSPRA



Reações:

0 comentários :

Postar um comentário

Obrigado por seu comentário! Ao ser aprovado será publicado.